Barra de boas vindas e data

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Este rio é minha rua

Fafá de Belém
(clique aqui e escute a música)

Composição: Paulo André e Ruy Barata

Esse rio é minha rua
Minha e tua, mururé
Piso no peito da lua
Deito no chão da maré

Pois é, pois é
Eu não sou de igarapé
Quem montou na cobra grande
Não se espanta em puraqué

Rio abaixo, rio acima
Minha sina cana é
Só de pensar na mardita
Me alembrei de Abaeté
BIS

Pois é, pois é...
Eu não sou de igarapé
Quem montou na cobra grande
Não se espanta em puraqué

Me arresponde boto preto
Quem te deu esse piché
Foi limo de maresia
Ou inhaca de mulher?
BIS

Pois é, pois é...
Eu não sou de igarapé
Quem montou na cobra grande
Não se espanta em puraqué
Não me contive! Como se não bastasse a musiquinha, lá vai um pequeno comentário:
Sei que não podemos culpar São Pedro por tanta chuva, mas SE a gloriosa Prefeitura de Belém e a população fizessem as suas partes não haveriam tantos bueiros entupidos com tanto lixo impedindo as águas pluviais de escoar. Agora, um fala do outro, o outro fala do um: a Prefeitura diz que o povo joga lixo na rua (concordo é verdade). E o povo diz que a Prefeitura não limpa a cidade, deixando as "bocas-de-lobo" cheias de detritos. É verdade também. E digo mais: a prefeitura ainda se aproveita disso para justificar a sua inércia estrutural.
Que tal fazermos as pazes e civilizar de vez esta cidade?
________________
Agradecimentos especiais ao amigo BELENÂMBULO.
Acesse e conheça o seu blog: http://belenambulo.blogspot.com/
Se você gostou do blog Trânsito Caótico de Belém, com certeza vai gostar do blog do Belenâmbulo!

2 comentários:

  1. Ô, Cid...
    Valeu pela força!

    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Se esta rua, esta rua fosse minha...
    Passa em Nazaré ou na Generalíssimo e repara se tu vê alguma lixeira pública em toda a avenida.

    ResponderExcluir

Seus comentários são bem vindos, mas, por favor, evite postar palavrões e demais palavras de baixo calão. Seja inteligente e direto. Grato.