Barra de boas vindas e data

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Adulto Esperança

Gente, um leitor do nosso blog me mandou um email interessante comentando alguns argumentos meus sobre a Ação Metrópole, que, a partir de hoje, vou chamar de Adulto Esperança.
Achei que deveria compartilhar com vocês o email e minha resposta.
Fiquem à vontade para debater o assunto pelo comentário do blog.
_______________________________________
Você pergunta no seu blog se alguém acredita na realização do projeto Ação Metrópole. A minha opinião é que nós, sendo ou não eleitor na governadora, temos que dar um crédito de confiança, porque só assim as coisa saem do papel.
Não sou eleitor do PT, aliás não gosto do PT e muitas coisas mais. Mas espero que esse projeto se realize, porque a nossa cidade está muito aquém das outras cidades do Brasil, inclusive da região norte.
 
Não acreditando, mas querendo ver concluído esse projeto, pelo menos em parte.
 
sd
 
Fulano de Tal
(nome fictício, percebeu?)

________________
Então respondi:
________________
 
Caro Fulano de Tal, obrigado pelo contato.

Respeito seu opinião, mas olhe à nossa volta: estamos repletos de obras pela metade. Posso citar alguns casos para refrescar a cuca: Viaduto Mariguela DEVERIA ter um túnel por baixo da Alm. Barroso. O entroncamento DEVERIA ter uns dois elevados para acabar com o inferno que está. A 1º de Dezembro DEVERIA ir até Marituba. A av. Perimetral DEVERIA ser duplicada até a Alm. Barroso... e por vai. É por isso que digo no blog que só acredito vendo, porque de promessa estou cansado! E discordo de você (tenho direito, certo?) que quando diz "porque só assim as coisas saem do papel". Pelo contrário: é assim mesmo, acreditando neles,  é que as coisas não saem do papel. É isso que eles querem. Nada mais. Olha, Toninho, o estado está quebrado. A desGovernadora está pedindo dinheiro para todo lado, pois é péssima administradora. Você sabe que ela quer vender o Banpará para o Banco do Brasil, mesmo depois de ter se tornado um banco forte? Pois é. Ela é funcionária do BB. Minha esposa é funcionária concursada da SEDUC e sofremos por isso. Não sei se tem idéia disso. Os salários do policiais civis e militares estão lá embaixo e, consequentemente, vemos todos os dias nos jornais notícias que a violência está aumentando. Todos os dias.
Portanto, meu caro amigo, não quero que pense que estou contra essas obras, realmente grandiosas e necessárias para nossa combalida cidade. Muito pelo contrário. Torço junto com você para que se concretizem, mas, sinceramente, isso tudo PARA MIM é puro marketing eleitoreiro, pois ano que vem (falta menos de dois meses para 2009 acabar) tem eleição pesada (presidente e Cia). E como já disse, esse filme eu já vi. Ela definitivamente não tem dinheiro para concluir TODA a obra do Projeto Metrópole. E quando digo todo, não me refiro somente ao elevado da Júlio César, porque sei que ao menos isso ela terminará. Me refiro a todo o projeto, que engloba o prolongamento da av. Independência, a posta do meio da BR-316 para somente ônibus. Augusto Montengro, enfim, veja o projeto todo neste link: http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=739040

Em referência a seu último comentário: "Não acreditando, mais querendo ver concluido esse projeto, pelo em parte." Pode ter certeza que pelo em parte nós já estamos vendo.

Um grande abraço.
 
Cid Pacheco
cid.pacheco@gmail.com
___________________________________
 
Por favor, se alguém tiver algum comentário sobre isso tudo, favor usar o cometário do blog para poder publicar mais rápido, e tornar essa uma discussão saudável e pública.

2 comentários:

  1. Meu caro, gostaria de deixar algumas impressões sobre sua réplica:

    1. Antes de mais nada, por considerar um dever ético, esclareço que votei em Ana Júlia, mas considero péssimo o seu governo.
    2. É verdade que as obras por você citadas estão inacabadas e que essa tem sido uma tônica no Pará (aliás, no Brasil). Mas não podemos generalizar e esquecer que há conjunturas a serem observadas, tais como:
    - a administração de Edmilson Rodrigues bem que etentou executar na íntegra o seu projeto para a Dr. Freitas, mas dentre outros fatores sofreu com o boicote do governo Almir Gabriel, usando covardemente o problema da adutora da COSANPA, que passa por baixo da Almirante Barroso;
    - o Entroncamento de fato é um desastre;
    - a João Paulo II envolve uma engenharia delicada, pois a execução do projeto envolve a conjugação de interesses de três Municípios, como apoio do governo federal;
    - sobre a Perimetral, não vejo justificativa para que não esteja duplicada, considerando que isso fazia parte das obras previstas para o Fórum Mundial de janeiro deste ano que, por sinal, incluíam a passagem de nível da Dr. Freitas. Esse foi um retumbante fracasso.
    3. Já que você está citando obras inacabadas de todas as responsabilidades, inclua a piada do "Pórtico Metrópole" e o "Porrrrrrrrrtal da Amazônia". E acrescente que as obras que ficam prontas, como a Catedral da Sé, demoram o triplo do tempo que poderiam.
    4. Sim, temos visto Ana Júlia requisitar sucessivos pedidos de empréstimo. Mas, por força de lei, um empréstimo só pode ser tomado se o ente federativo comprovar capacidade de endividamento. Por isso, tomar empréstimo prova, técnica e legal, que o Estado não está quebrado - ao menos ainda não.
    5. Meu amigo, por favor, não acredite nos jornais! Eles são a pior fonte de informação existente. Se eles dizem que a violência está aumentando, é porque têm interesse na notícia, seja ela verdadeira ou fabricada. Obviamente, a violência em Belém está pelo teto, mas conversando com policiais - que estão na linha de frente dessa batalha - fiquei sabendo algo previsível: alguns tipos de crimes aumentam porque outros diminuem e, por incrível que pareça, alguns delitos aumentam justamente quando a polícia está nas ruas, trabalhando. Quer um exemplo: assalto com reféns e sequestro-relâmpago.
    6. No mais, passo pelo cruzamento da Júlio César com a Pedro Álvares Cabral todo dia e posso assegurar que as obras estão em ritmo acelerado. Veja bem: eu disse "acelerado" e não "normal". Quanto à Av. Independência e ao elevado que a unirá à Júlio César, confesso que não sei.
    Espero ter contribuído para o debate.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Cara... eu de política tô meio por fora, mas tenho uma observação a fazer porque sinto na pele o dia a dia, e vejo o que acontece.
    Notem que essas obras diz que "sairam do papel" apenas após Belém perder a vaga na Copa 2014. Ou seja são obras para "lavar e livrar a cara", pois as eleições estão chegando.
    Por que essas obras nao se iniciaram há pelo menos um ano antes?? Por falta de grana?? Aaahhhh... não é o Lula que é amiguinho dela??
    Sinceramente... se o povo der uma de esquecido... "tamo fud..."!!!!

    ResponderExcluir

Seus comentários são bem vindos, mas, por favor, evite postar palavrões e demais palavras de baixo calão. Seja inteligente e direto. Grato.