Barra de boas vindas e data

sexta-feira, 9 de abril de 2010

23 multas em 40 minutos, um recorde "olímpico"

Agente da CTBel aplica 23 multas em 40 minutos


YÁSKARA CAVALCANTE
Da Redação
Edição de 06/04/2010

"O Código de Trânsito Brasileiro prevê em quase todos os seus capítulos, em especial o quarto, normas de educação para o trânsito com o objetivo de ajudar condutores a seguir as determinações do Sistema Nacional de Trânsito e, com isso, reduzir riscos no já caótico tráfego. As normas, entretanto, ditam ações, adoção de medidas e elaboração de regras para fazer com que motoristas ajudem a minimizar os problemas no trânsito. Mas, na prática, não é que se vê".

Ontem, um agente da Companhia de Trânsito do Município de Belém (CTBel) apitou exatas 57 vezes e aplicou 23 multas em apenas 40 minutos, mostrando que, se ele trabalhar por oito horas diárias, conforme determina a legislação, vai produzir 184 multas, o equivalente a R$ 9.788,80, se for levado em consideração o valor de uma infração leve, que é de R$ 53,20. E, se esse valor for multiplicado pelas horas tabalhadas no mês, o total que somente um agente de trânsito produz em multas chegaria a R$ 195.776. O agente de trânsito que a reportagem se refere estava ontem, entre 14h10 e 14h40, em frente à 'faixa cidadã' da avenida Duque de Caxias, entre as travessas Angustura e Barão do Triunfo, no bairro do Marco. Das 23 infrações que ele trânsito foi visto aplicando durante os 40 minutos que a equipe de reportagem esteve no local, nove foram para veículos que 'queimaram' a faixa cidadã. As faixas fazem parte de um projeto da prefeitura para obrigar motoristas a parar e 'permitir' que pedestres atravessem a avenida com segurança. Mas, desde que foram criadas, as faixas têm sido responsáveis por acidentes diários, já que nenhum projeto de educação a longo prazo foi executado.

***Ele justificou que sua função não é orientar, mas punir motoristas.

Fonte ORM

3 comentários:

  1. É, velho amigo... Essa é a nossa querida CTBel... máquina de fazer dinheiro... indústria de multas sem noção... o orgão dos sonhos... hehehe.

    ResponderExcluir
  2. A CTBEL, no mínimo, deveria suspender um troglodita desses! Sua função não é orientar e sim punir? Meu Deus! Às vezes tenho a impressão de que o mundo inteiro pirou e eu é que estou errada!
    Sabemos que é uma índustria de multas, mas daí a declarar abertamente foi demais!

    ResponderExcluir
  3. Olhando como estão as coisas hoje, eu sinto até saudades da época que o trânsito era de responsabilidade da PM. Em comparação com a atualidade, era muito mais organizado (ou menos bagunçado). A PM tinha bem mais autoridade, pois além de orientar... notificava e multava, e ainda era de impor mais respeito, pois por ser uma autoridade maior que os agentes da CTBel, podiam levar o cara para delegacia em caso de desrespeito.
    Depois que o trânsito passou a ser responsabilidade da Guarda Municipal, e depois para os Agentes da CTBel, as coisas desandaram de forma absurda.

    ResponderExcluir

Seus comentários são bem vindos, mas, por favor, evite postar palavrões e demais palavras de baixo calão. Seja inteligente e direto. Grato.