Barra de boas vindas e data

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Cidade dos Beija-Poste

 Imprudência no trânsito derruba quase três postes por dia no Pará

A imprudência no trânsito é uma das principais causas de danos causados aos postes da rede de energia no Pará. Segundo dados da Celpa, foram registradas 1.042 ocorrências consequentes de acidentes de trânsito, entre abril de 2009 e abril deste ano. O número corresponde a 2,85 postes quebrados por dia no Estado. O caso mais recente aconteceu na avenida Almirante Barroso. Segundo testemunhas, um táxi teria tentado ultrapassar um microônibus e, numa manobra brusca, fechou o caminho do coletivo, que atingiu um poste deixando parte da via sem energia elétrica. 
Além do prejuízo financeiro, que soma cerca de R$ 3,5 milhões ao ano, a derrubada de postes ocasiona desligamentos de energia elétrica que duram em média três horas. 'Esse tempo pode ser elevado porque o reparo do sistema depende de várias etapas. Muitas vezes precisamos aguardar o trabalho da perícia de trânsito, depois verificar o tipo de poste para buscar no Almoxarifado da empresa, a remoção do poste danificado, a colocação do novo poste e, por fim, a recomposição da rede', detalha o diretor Comercial e de Engenharia da Celpa, Otávio Rennó Grilo (que está com a pulga atrás da orelha com essa situação). Na Região Metropolitana de Belém foram registradas 204 ocorrências nos últimos 12 meses. 
No primeiro quadrimestre de 2010 houve aumento de 45,7% no abalroamento (nome técnico atribuído à colisão) de veículos em postes de energia elétrica em Belém, Ananindeua, Marituba, Benevides e Santa Bárbara. Ainda não há dados consolidados sobre o número de acidentes nos primeiros meses de 2010 nas estradas paraenses, mas um comparativo entre 2008 e 2009 mostra um aumento de 10% no número de acidentes em Belém. De acordo com o Gastran, as principais causas de acidentes são manobra irregular, falta de atenção, desrespeito à preferencial, avanço de sinal e excesso de velocidade. Os dados da Celpa revelam que no ano passado, os meses de maior incidência de acidentes envolvendo postes, em todo o estado, foram julho (102 ocorrências) e setembro (111). Já em 2010, o problema foi mais comum nos meses de fevereiro, com 78 postes atingidos por carros; março, com 65 casos; e abril, com 64.


"A verdade é que nem o postes tem mais paz nessa cidade caótica e de mal educados". 
(Lawrence Paiva)

___________________________________

O vídeo acima foi postado originalmente por Tarcísio Schnaider no Yahoo! Vídeo.

A matéria foi publicada no Portal ORM
Fonte:Rede Celpa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários são bem vindos, mas, por favor, evite postar palavrões e demais palavras de baixo calão. Seja inteligente e direto. Grato.