Barra de boas vindas e data

sábado, 16 de outubro de 2010

Gosto de um barulho!!!

Meu computador foi para o mundo inferior, finalmente! Depois de tanto tempo me dando trabalho (parava, eu consertava, ficava dois meses funcionando, parava de novo e assim por diante), ele foi para os braços de Hades e Perséfone! Que Zeus o proteja! Para ser mais exato, foi a placa-mãe a mãe de todos esses problemas e o principal motivo para eu ficar tanto tempo sem postar.

Bem, depois da desculpas esfarrapadas, escolhi três fotos que ilustram muito bem o gosto de escutar música em qualquer lugar, em qualquer volume, incomodando qualquer pessoa a qualquer momento.

Existe um celular que deveria servir para denunciarmos atos de poluição sonora, pega aí: 9987-9712. Descobri inutilmente este número ligando para o 192, onde me deram o número 3238-3132, que me deram o número de celular, onde me informaram que era do plantão do Disque-barulho-Silêncio. Há a necessidade de se dizer que todas as vezes que precisei, nunca fui atendido, quando então morava na Cremação. Mas se quiser tentar, tente e me avise de sua epopéia: se for boa como o primeiro filme Fúria de Titãs, ou ruinzinha como o seu "remake" de 2010. É uma aventura tentar dormir com música alta e dançante na cabeça. Um breguinha então, nem se fala...

Esse vendedor de sorvetes deveria guardar uma graninha para comprar um amortecedor novo para o "Palito" e um som de qualidade. O outro quarteira ainda não está escutando o anúncio. 
Trav. 3 de Maio, Cremação.

Esse aqui ainda bem que avisa. Mas o Disque-Silêncio fica silencioso! Cuidado: esse adesivo está em moda em Belém (como o Super Sport) e pode ser propaganda enganosa...
Rua dos Pariquis.

Esse aí dispensa o adesivo "Acabou o Sossego". Você já sabe a 10 km que ele está chegando...
Rod. Augusto Mortenegra.

Um comentário:

  1. Esse disque silêncio é furada... lenda...
    Já aconteceu comigo de ter que aturar a barulhada do vizinho em plena 11hs da noite. Foi quando liguei pro disque-(merda)silencio... sem sucesso. Foi quando resolvi ligar para o 190 (polícia). E assim foi resolvido. Quando ouvi aquela sirene dar só aquele "apitinho" para anunciar a chegada, e fui para a janela olhar a viatura da polícia abordando os "coitadinhos", que tiveram que não apenas baixar o som, mas sim pará-lo e fechar o porta-malas. E foi assim que tive minha noite tranquila... hehe.

    ResponderExcluir

Seus comentários são bem vindos, mas, por favor, evite postar palavrões e demais palavras de baixo calão. Seja inteligente e direto. Grato.