Barra de boas vindas e data

sábado, 23 de outubro de 2010

Ferro-velho delivery

Isso também atrapalha, e muito, o nosso trânsito. Ainda por cima em plena Praça da República!


Em Natal, Rio Grande do Norte, existe uma lei que obriga as carroças a trafegarem em faixas específicas e até, acreditem, pagam IPVA, com direito a placa e tudo.

Belém não perdeu a copa para Manaus. Perdeu a copa para os próprios governantes...

sábado, 16 de outubro de 2010

Gosto de um barulho!!!

Meu computador foi para o mundo inferior, finalmente! Depois de tanto tempo me dando trabalho (parava, eu consertava, ficava dois meses funcionando, parava de novo e assim por diante), ele foi para os braços de Hades e Perséfone! Que Zeus o proteja! Para ser mais exato, foi a placa-mãe a mãe de todos esses problemas e o principal motivo para eu ficar tanto tempo sem postar.

Bem, depois da desculpas esfarrapadas, escolhi três fotos que ilustram muito bem o gosto de escutar música em qualquer lugar, em qualquer volume, incomodando qualquer pessoa a qualquer momento.

Existe um celular que deveria servir para denunciarmos atos de poluição sonora, pega aí: 9987-9712. Descobri inutilmente este número ligando para o 192, onde me deram o número 3238-3132, que me deram o número de celular, onde me informaram que era do plantão do Disque-barulho-Silêncio. Há a necessidade de se dizer que todas as vezes que precisei, nunca fui atendido, quando então morava na Cremação. Mas se quiser tentar, tente e me avise de sua epopéia: se for boa como o primeiro filme Fúria de Titãs, ou ruinzinha como o seu "remake" de 2010. É uma aventura tentar dormir com música alta e dançante na cabeça. Um breguinha então, nem se fala...

Esse vendedor de sorvetes deveria guardar uma graninha para comprar um amortecedor novo para o "Palito" e um som de qualidade. O outro quarteira ainda não está escutando o anúncio. 
Trav. 3 de Maio, Cremação.

Esse aqui ainda bem que avisa. Mas o Disque-Silêncio fica silencioso! Cuidado: esse adesivo está em moda em Belém (como o Super Sport) e pode ser propaganda enganosa...
Rua dos Pariquis.

Esse aí dispensa o adesivo "Acabou o Sossego". Você já sabe a 10 km que ele está chegando...
Rod. Augusto Mortenegra.

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Motocicletário?


Se não existe essa palavra "motocicletário", me corrija, pois não sei nem como descrever essa cena.
Eu me esqueci de contar na hora, mas pela imagem, consigo identificar 6 motos estacionadas na calçada, fazendo com que nós, pedestres, façamos zigue-zagues pela calçada e pela rua, que já não é lá essas coisas em Ananindeua, sem contar os 3 caminhões que estavam disputando terreno estacionados bem próximo da calçada, também nos obrigando a passar pelo meio da rua.

________________________
Local da disputa: Conjunto PAAR, próximo a feira.