Barra de boas vindas e data

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Flagrante de irresponsabilidade

Não lembro se já postei alguma coisa com este título, mas vejo tanta irresponsabilidade por aí que até fico sem inspiração e originalidade para colocar novos (mas nem tanto) assuntos.

Essa eu peguei na rodovia Augusto Mortenegra Montenegro, próximo do Tenoné.

As imagens falam por si só.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Falta de educação do pedestre no trânsito

Essa postagem é para mostrar também a falta de educação do pedestre no trânsito. Como costumeiramente só temos mostrados os motoristas, guardolinhas, motoqueiros, e demais coisas desta fauna mal-educada, hoje, apresentamos Vossa Excelência, O Pedestre.

Ontem, exatamente às 9h, um deficiente físico da perna direita, se achando cheio de "direitos", fez sinal para que o motorista da linha Satélite Ver-O-Peso parasse exatamenteno cruzamento do enrolamento Entroncamento, entre Augusto Mortenegra, Pedro Álvares Cabral e Almirante Barroso. Agora como é que para a essa hora do campeonato? Não deu outra, o "motora" não parou e o deficiente começou a soltar o cacete a bengala no ônibus. Foram 3 no total,  sendo a última derradeira no vidro da porta traseira, fazendo os estilhaços de vidro machucarem levemente uma passageira.

Nós, do Blog, acreditamos que todas as pessoas tem seus direitos, mas também deveres, que devem ser reconhecidos e aplicados, não importando cor, raça, nação, credo, e o que mais venha contribuir para a divisão de massas.

sábado, 4 de dezembro de 2010

Estacionamento Calhorda

Prezado, se você costuma ir Shopping Castanheira de carro e deixa o pé-de-borracha lá no estacionamento, comece a rezar 10 Pais nossos, 10 ave Marias, 4 terços, leve água benta da fogueira santa de Israel, 20 crucifixos, um tapete celestial feito do fogo da espada do anjo Gabriel do bispo Edir Mutreta Macedo e o pai de santo Pipoca para benzer o carro e todo mundo que estiver nele, só para garantir... (ufa!).

Bem, para encurtar o assunto, leia abaixo o texto que se encontra no verso do bilhete de estacionamento do dito "xópim":


Então vamos à análise do texto, crianças:
  • "Nossa responsabilidade está limitada ao veículo". 
Comentário: se eu for assaltado por lá, fica por isso mesmo. Se for atropelado por algum doido correndo lá dentro? O SAMU vai ao menos poder entrar sem pagar R$ 3,00? Se cobrarem, quem paga os patos serei eu???
  • "Portanto, não nos responsabilizamos por objetos, valores ou equipamentos deixados no interior do mesmo bem como no interior do porta-luvas ou porta-malas, ou ainda por equipamentos do veículo". 
Comentário: Se algum vagabundo quebrar meu vidro e levar meus pertences, eu que me f.... vire! Veja bem, se o vidro quebrou lá dentro, algo aconteceu de errado, né? Então o Shopping não se responsabiliza? Será que eu quiz quebar o vidro só de birra e comprar briga com eles?
  • "Nem por avarias de qualquer espécie, já que por razão operacionais, nossos funcionários estão impossibilitados de verificar tais compartimentos". 
Comentário: Então todo mundo que entra lá está querendo ganhar dinheiro nas costas do estabelecimento?
  • "Também não nos responsabilizamos por eventuais sinistros com veículos que estejam sem condições de segurança (sem freios, por exemplo)". 
Comentário: Então se um tetânico arrancar meu para-choque, já era! E se um fusquinha depois de estacionado estiver sem freio e arrancar minha porta? Será o funcionário não consegue ver isso a tempo? Ah, não tem muito funcionário por lá. Os carros ficam à mercê da maré...
  • "Aconselhamos aos proprietários de veículos equipados com toca-fitas/CD Player do tipo "gaveta" ou com frente removível, levarem consigo os mesmos pois não aceitamos reclamações nesse sentido". 
Comentário: Sentido de que?? Não entendi!!! Agora toca-fitas???? TOCA-FITAS???? Eu li isso mesmo??? Será um Rio de Janeiro? Ou um Road Star de alguma Brasília amarela roubada de uma sala esquecida lá no Emaús, por sinal, muito usado na década de 80? Bem, seja como for, o aviso foi claro: toca CD ou fita. O ladrão passou, levou, o dono se ferrou. Sem direito sequer a um "Aí, caramba!"
ENTÃO eu pergunto: para quê pagar R$ 3,00 para deixar meu veículo exposto, sem segurança de nada e com um tremendo perigo de encontrar o bicho ferrado e sem direito a nada???!!! Isso tudo se resume assim: Você deixa seu carro lá. Se pegar fogo, o shopping vai cobrar de você os estragos ocorridos no prédio, porque seu carro é velho e não deveria estar lá naquele momento. O Comércio existe para isso. Se baterem, arranharem, quebrarem ou outras merdas coisas mais, eles vão mandar um cotoco mental para você! E SE, e somente SE, o carro for "puxado" lá de dentro, eles irão pensar em restituir, mas isso depois de muitos anos no tribunal, muitas instâncias superiores, até te dar uma canseira  e você desistir depois de muitas e muitas apelações. Ou se seu tatara-tatara-tatara-tatara-tatara-tatara-neto levar em frente e receber uma miséria e nem pagar as custas com advocacia (isso se ele não for comprado pela empresa).

Realmente é um exagero tudo isso, mas é para ilustrar de uma vez só o descaso que uma empresa deste tamanho trata seus clientes, mostrando que só se preocupam em ganhar dinheiro e explorar os poucos funcionários que correm de um lado para outro dentro do estacionamento, ganhando uma mixaria.
Tudo isso seria amenizado se contratassem mais trabalhadores. Afinal de contas, três reais não é nada barato, pensando na quantidade de carros que visitam o estabelecimento durante todo o expediente.

Agora vou pensar dez vezes antes de estacionar lá dentro. Lá fora é do mesmo jeito...

 ---------------------------------

Abaixo, o texto na íntegra, digitado por mim, repassado com todos os erros de português que se tem direito, para quem não quiz clicar na imagem e ler o bilhete:

A V I S O
Nossa responsabilidade está limitada ao veículo. Portanto, não nos responsabilizamos por objetos, valores ou equipamentos deixados no interior do mesmo bem como no interior do porta-luvas ou porta-malas, ou ainda por equipamentos do veículo. Nem por avarias de qualquer espécie, já que por razão operacionais, nossos funcionários estão impossibilitados de verificar tais compartimentos. Também não nos responsabilizamos por eventuais sinistros com veículos que estejam sem condições de segurança (sem freios, por exemplo). Aconselhamos aos proprietários de veículos equipados com toca-fitas/CD Player do tipo "gaveta" ou com frente removível, levarem consigo os mesmos pois não aceitamos reclamações nesse sentido. No caso de estravio deste cartão, comunique imediatamente a administração do estacionamento.
Castanheira Empreendimentos e Participações Ltda.

________________________
Dica enviada por Anderson "Ciclista" Santos Braga! Valeu, meu velho!

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Estacionamento privativo (?)


ABRA SUA CONTA E GANHE UM FRETE GRÁTIS PARA O COMPLEXO DO ALEMÃO NA SUA PRIMEIRA APLICAÇÃO EM CDB OU FUNDOS DE RENDA FIXA. 

Sei que o slogan "Completo" pertence a um outro banco, mas neste caso o Itaú saiu na frente, permitindo usarem o estacionamento para outros fins e não ao atendimento a seus clientes.

Bem, depois do Jumento do post anterior, quero mostrar os três jegues que tomaram conta da frente do banco, na Av. Pedro Álvares Cabral, próximo à Av. D'Alva. A cara de pau é tamanha, que eles encostaram as velharias tetânica e abriram as trazeiras sem desengripante como que dizendo: "venham pegar tétano! Freta-se!".

Veja nesta foto um cliente saindo feliz da vida com um tostão na mão e da boca quase saindo um palavrão!  É rir para não chorar!

Perceba nesta foto a peripécia que os clientes precisam fazer para estacionar e sacar um dinheirinho que, para completar, acabam atrapalhando a vida de quem passa a pé...