Barra de boas vindas e data

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Mais uma obra suspeita

Terça-feira, 01/11/2011, 07h05

PMB pedirá empréstimo de R$ 430 milhões ao BNDES

Foi aprovado ontem, em sessão ordinária da Câmara Municipal de Belém (CMB), um projeto que autoriza o prefeito de Belém Duciomar Costa a pedir um empréstimo de R$ 430 milhões. O valor, repassado pelo Banco Nacional de desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), será gasto, exclusivamente, com a construção de corredor de transporte coletivo nas vias Augusto Montenegro e Almirante Barroso.

A vontade em votar o projeto era tão grande que foi pedida inversão de pauta e, mesmo quando o tempo tinha se esgotado, foi solicitado um acréscimo de uma hora nas discussões. Os únicos três vereadores que se posicionaram contrários ao projeto foram Marquinho (PT), Carlos Augusto (DEM) e Ademir Andrade (PSB). Oito parlamentares saíram antes da votação.

Segundo Ademir, o empréstimo significa 1/3 do orçamento de Belém e comprometeria as contas municipais. “Aqui (no projeto) não diz prazo, forma de pagamento, juros, como a obra será realizada, nada. A casa não pode ser irresponsável em aprovar um empréstimo desses. O prefeito não informa nada a ninguém, nem respeita a Justiça”, criticou.

OBRAS

Já o democrata Carlos Augusto insistiu que as obras beneficiadas com o empréstimo seriam incompletas. Desde o dia em que o projeto do poder municipal entrou na CMB, ele pediu informações à gestão, mas nunca recebeu resposta. “Não entendo essa pressa de aprová-lo, nem por que o prefeito quis que ele fosse votado num momento em que está viajando. Isso será motivo de divergência entre os governos estadual e municipal”, disse.

Outro questionamento foi a falta de compromisso do prefeito em manter a casa informada sobre suas ações. “Aprovamos uma viagem do prefeito aos Estados Unidos para ele conseguir empréstimos para a avenida Estrada Nova e até hoje desconheço esse projeto. Por que ele não foi apresentado à CMB?”, perguntou Marquinho (PT). Para a oposição, o problema não está em aprovar um empréstimo, mas a ausência de detalhes em sua composição. “Acho que deveríamos ter tido mais tempo para discutir isso”, afirmou.

SITUAÇÃO

Segundo o líder do governo, Orlando Reis, as críticas são equivocadas e sem fundamento. “O projeto irá acabar com o problema histórico que é o congestionamento do trajeto Icoaraci – São Brás e não terá embates com a ação do governo do Estado. Uma coisa não elimina a outra, pelo contrário, as duas propostas podem ser adequadas. O que existe é uma falta de conhecimento por parte de alguns vereadores. O projeto está na CMB há meses e nunca foi consultado. Até o valor do empréstimo, que é de R$430 milhões, eles estão falando errado”, argumentou.

Os demais mantiveram um dicurso neutro, apontando o alto valor, mas também a capacidade da CMB em fiscalizar o andamento das obras. “Não somos marionetes. Temos o poder de acompanhar o processo. Infelizmente o que acontece é que sempre somos criticados. Se não aprovamos ficamos com obras paradas, se aprovamos somos errados”, desabafou o vereador Evaldo Rosa, o cobrador pregador.

Fonte: Diário do Pará

Comentário: Quando ouço falar em obra da Prefeitura para o trânsito de Belém, me dá até medo. Vide obra do Pórtico Metrópole do Dudu.
R$ 430 milhões, né? Ok ok...
Tem muita gente que vai tirar uma casquinha... ai ai... Esperamos, claro, que se VEJA o dinheiro empregado corretamente, sem desvios de orçamento e empresas fantasmas, como temos visto ultimamente não só em Belém, mas em todo o País.
E aí vai um pedido ao prefeito: por favor, não nos decepcione.

3 comentários:

  1. BELÉM PRECISA DESTAS OBRAS, vcs não moram para augusto montenegro nem arredores, andem na almirante ao entorno do entroncamento OBRA DO PT ( por isto estão contra ) e porque não fazer logo este corredor de onibus, ajeitar a grande besteira do PT, AV. CENTENARIO (PASSARELA E ALAGAMENTOS ) Continuação da JOÃO PAULO? mas para isto precisa de dinheiro e vem estes PT´S com filiados PSB e DEM negar... LIBEREM A VERBA E AGILIZEM AS OBRAS

    ACABAR COM OS ALAGAMENTOS NA CENTENARIO QUE VIROU PALCO DE ACIDENTES E MORADORES TENDO QUE USAR TANQUE DE OXIGENIOS

    ENTRONCAMENTO UM FIASCO

    JOAO PAULO INACABADA

    mas orçamento para reajuste do salario de politicos é rápido aprovado

    ResponderExcluir
  2. Meu caro colega,
    Alguém aqui citou ser contra esta obra?
    Não diga o que você não sabe.
    Por quase 30 anos morei para a Augusto Montenegro, e sempre precisei desta via, da Almirante Barroso e das demais citadas por você. E sei o caos que são elas e adjacentes.
    E para complementar, sou apartidário. Ou seja, não sigo partido ou político algum.
    Favor, ler o comentário final.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Acho que o pobre anônimo não percebeu que apenas republicamos uma matéria do Diário On Line... e o posicionamento do blog é sobre a "mão leve" e não sobre a importância da obra que, claro, é indiscutível.

    ResponderExcluir

Seus comentários são bem vindos, mas, por favor, evite postar palavrões e demais palavras de baixo calão. Seja inteligente e direto. Grato.