Barra de boas vindas e data

domingo, 1 de janeiro de 2012

Como parir um ponto de táxi em Belém e arredores

Segue nossa receita de bolo para se parir um ponto de táxi na Belém do Caótico Trânsito:

1. Procure por placas de sinalização "Proibido estacionar" encobertas por máquinas de fazer dinheiro leitores da Celpa, próximo a paradas de ônibus. É nesse setor que é mais fácil pegar passageiro.

2. Certifique-se de que não há uma "patrulha" da CTBel no local-vítima. Não é difícil achar: os agentes ficam mais em lugares onde é mais fácil multar, em vez de orientar.

3. Vá empurrando o "branquinho" de vez em quando, para não dar muita "bandeira". Eu disse bandeira, não bandeirada. Caso algum agente pergunte, você está com o phoda-se pisca ligado aguardando o passageiro. Ele só vai dizer: - não vai demorar aí!!!. E vai procurar alguém para multar.

4. Fique mais ou menos um mês fazendo isso. Além de certamente lhe render alguns trocados, vale pela experiência do parto.

5. Pronto: se passar no teste, chame o resto da galera para fundar uma cooperativa, tipo CooperOAB, como no caso da foto.

Não temos nada contra o taxista. É um profissional como eu e você. Só gostaríamos que respeitassem as normas como elas são respeitadas em outras cidades (claro que em Belém ninguém respeita nada). Os taxistas não se respeitam nem entre si mesmos: veja o número de carros de Ananindeua circulando em Belém. É óbvio que existem as excessões, mas a maioria infelizmente é assim.


Ponto de táxi em processo de parto prematuro na Rua Gama Abreu, em frente à OAB/PA. Agora estão em "drupa de dois". E trânsito pesado comendo lá atrás que se fo vire...

8 comentários:

  1. Como eu disse em outro post: "Táxi que pariu!".
    Esses são os "profissas" do trânsito... afff.

    *** Para "fiscalizar" tem a CTBel... Para mostrar a realidade na "cara-dura" tem o TCBel. ***

    ResponderExcluir
  2. Concordo com algumas ideias do post, mas discordo quando é escrito "... os agentes ficam mais em lugares onde é mais fácil multar, em vez de orientar ...". Em nossa bucólica, todo lugar q tiver automovel, haverá infrator e o papel do agente ñ é multar é autuar. e para orientar tem-se um setor específico e "omisso" na CTBEL. E concordo com o post qndo discorre: "não vai demorar aí!!!", isso é u ato de bo senso do agente, ñ achas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Anônimo, obrigado pela visita.

      Primeiramente, autuar e multar para leigos, são a mesma coisa. Depois, a pricípio, o agente tem que orientar sim. A legislação diz que na primeira infração, deve não meter a caneta a torto a direito, dependendo do ato, mas advertir, usando o termo correto. E por último, concordo que é bom senso sim, mas sempre acompanhado de um ar arrogante, soberbo. Para terminar, o termo bucólico não se aplica a Belém, pois é algo relativo à vida campestre e pastoril... longe dessa zona de guerra chamada Belém!

      Mas fica o recado: essa é uma opinião sua, que merece todo respeito, mas não sou obrigado a concordar com tudo.

      Abraço.

      Excluir
    2. Inclusive, já foi abordado aqui acerca do assunto. Segundo, o próprio código de trânsito, primeiramente vem a advertência, depois a multa.
      Mas como os agentes de trânsito vão saber se o infrator já foi advertido por tal situação antes?
      Simples. O agente de trânsito não precisa saber. Ele apenas aplica a advertência, e caso seja reinscidente, o órgão converte em multa.

      Excluir
  3. É impressionante o quanto incomoda quando postamos algo que comenta certas categorias...

    ResponderExcluir
  4. E ainda tem outra. Segundo aprendi na auto escola, aquela plaquinha pregada no poste significa "não estacione". Ou seja, quando tem um "Ezinho" com apenas um corte, significa que é proibido estacionar, mas pode parar apenas o tempo suficiente para embarque ou desembarque. Já quando tem esse mesmo "Ezinho" com dois cortes, o cabra não pode nem se quer levar em conta o "não vai demorar aí!!!".
    Porém, não é o que ocorre aí na imagem. Infração é infração. Não existe meia infração.

    ResponderExcluir
  5. Amigo para criar e não parir um ponto de taxi em Belém vc tem que ter lá cetbel QI senão vc não consegui nada tem o por fora ou o que, que eu ganho com isso? não fale o que vc não sabe; esse papo de direito de todos e dever do estado é bonito mais só papel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem.. percebe-se que o nosso leitor aí não sabe o que é uma Metáfora ou uma Ironia.
      Demorei um pouco para entender o seu comentário, mas após tanto raciocínio para montar o seu "quebra-cabeça" (sem precisar explicar os motivos), consegui.
      Como você mencionou, "esse papo de direito de todos e dever do estado é bonito mais só papel", depende do que VOCÊ sabe e entende por Direitos e Deveres.

      Excluir

Seus comentários são bem vindos, mas, por favor, evite postar palavrões e demais palavras de baixo calão. Seja inteligente e direto. Grato.