Barra de boas vindas e data

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Multas devem bater recorde em 2012

Arrecadação com multas de trânsito cresce 20%

Apenas nos três primeiros meses do ano, autuações já renderam mais de R$ 200 milhões

Márcio Alves, do Metro SP | noticias@band.com.br

A arrecadação com multas de trânsito deve bater recorde em 2012. Nos três primeiros meses deste ano, foram arrecadados R$ 202,5 milhões, média de R$ 2,2 milhões por dia.

O valor é 20% maior do que os R$ 169 milhões registrados no primeiro trimestre de 2011. No mesmo período, a frota de veículos da cidade aumentou apenas 3,2%. Mantido este ritmo, a administração deve arrecadar R$ 832 milhões até o fim do ano, 11% mais do que no ano passado.

Os principais responsáveis pelo aumento no número de multas são os radares eletrônicos. Os 582 equipamentos espalhados pelas ruas e avenidas da cidade já respondem por 70% do total de autuações.

Não é para menos que os investimentos em fiscalização eletrônica também devem bater recorde. Serão destinados R$ 36,5 milhões para compra de radares fixos, móveis e lombadas eletrônicas. O valor é quase o dobro dos R$ 19,4 milhões investidos em 2008.

Segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), foram aplicadas 62,1 mil multas a mais no primeiro trimestre do ano.

Os recursos vão para o Fundo Municipal de Desenvolvimento de Trânsito. Do total, 5% são repassados ao governo federal.

O restante é investido em sinalização, treinamento, programas de educação no trânsito, monitoramento e operação do trânsito, manutenção de semáforos e projetos de engenharia de tráfego, entre outros.

Fonte: Band

Comentário:
Diz a reportagem:
"Os recursos vão para o Fundo Municipal de Desenvolvimento de Trânsito. Do total, 5% são repassados ao governo federal.
O restante é investido em sinalização, treinamento, programas de educação no trânsito, monitoramento e operação do trânsito, manutenção de semáforos e projetos de engenharia de tráfego, entre outros."

Aham... Belém e o restante do Pará que o diga.
Se fosse assim mesmo, não teríamos essa terra sem lei que vivemos hoje aqui. E nem soluções mal projetadas, vias e estradas abandonadas e mal sinalizadas (ou sem nem uma), agentes ignorantes e destreinados, falta de fiscalização efetiva, falta de rigor com motoristas imprudentes, etc etc etc...

Um comentário:

  1. É verdade ...
    Dá a impressão que se criou uma empresa de multas ... e alguém leva uma fatia disso ...

    ResponderExcluir

Seus comentários são bem vindos, mas, por favor, evite postar palavrões e demais palavras de baixo calão. Seja inteligente e direto. Grato.