Barra de boas vindas e data

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Aplica, flanelinha, aplica!

Saca essa historinha que vou contar agora.

Ao estacionar o carro em via pública na 1º de Março com Frutuoso Guimarães (próx. a Seccional do Comércio), o flanelinha chega comigo e diz:
- 2 'real' a hora, viu meu patrão?
- Tá bom! - respondi.

Fiz minhas comprinhas em quase 2 horas.
Na volta ao carro, eu percebi que no local há as placas do 'Belém Rotativo' (Zona Azul que ainda não está em vigor). O flanelinha me abordou, e antes que ele falasse algo, perguntei:
- Cadê meu cartão?
- Poxa, tô sem cartão. - respondeu.
- Ué... mas aqui não é Zona Azul?
- É... mas hoje é sábado, 'dotô'.
- Mas dia de sábado também tem, e é das 09hs as 13hs. Tá ali na placa, ó.

O flanelinha não falou mais nada. Tirei o carro, dei uns trocados para ele e rasguei.

O que quero dizer com esse relato é que flanelinhas estão querendo se aproveitar da época natalina (em que o comércio lota) para molestar e extorquir motoristas desavisados monopolizando vagas de estacionamento em via pública, como este cidadão que queria que eu pagasse R$-2,00 por cada hora na vaga 'dele'. Ora, se o Belém Rotativo já estivesse funcionando eu pagaria apenas R$-1,50 por uma permanência de 2 horas.
Ou seja, se colar... colou.

É claro que não estou generalizando, e sei que há flanelinhas honestos que trabalham duro para sustentar suas famílias. Critico aqueles que tentam enganar as pessoas afim de obter vantagens ilícitas (extorsão), e ainda por cima não sabem nem mentir ou disfarçar (ou porque se fazem de bestas ou porque não sabem mesmo) quanto à questão da zona azul.

Aplica!

Um comentário:

  1. Já há relatos no Twitter de que, por conta da Zona Azul na Praça da República, flanelinhas no entorno e próximo aos bancos e escritórios estão cobrando R$10 para estacionar em 'suas' vagas em VIA PÚBLICA.

    Gente, não acostumem tal ação.
    Se alguém for vítima disto, não hesite em chamar a polícia e denunciar.

    Dar R$2 no intuito de ajudar o cara (pois também tem família) ainda vá lá, mas R$10... nem sonhando. Até porque nada justifica esse valor absurdo, pois flanelinhas não oferecem segurança alguma ao seu patrimônio.

    Pagar R$5 ou R$10 ainda é justo no caso de um serviço de lavagem que ele possa oferecer, mas apenas para 'reparar' o carro não tem condições.

    Se acostumar... já era!
    Peça ajuda policial.

    Abraços!

    ResponderExcluir

Seus comentários são bem vindos, mas, por favor, evite postar palavrões e demais palavras de baixo calão. Seja inteligente e direto. Grato.