Barra de boas vindas e data

sábado, 29 de setembro de 2012

Donos das vias públicas

Uma prática tem sido comum em Belém: a colocação de cones, caixotes e outros objetos para reservar vagas de estacionamento em vias públicas sem autorização alguma dos órgãos públicos.

Esta prática ilegal pode ser facilmente vista na área comercial e também nos bairros onde há bancos, órgãos públicos, praça e etc em que flanelinhas, e até comerciantes, colocam obstáculos para delimitar estacionamentos privativos em via pública, impedindo outros 'meros mortais' estacionem no local.

Saca só alguns exemplos flagrados:

Flanelinha na Rua Carlos Gomes (próximo ao BASA) coloca cones esperando seus "clientes" chegarem. É o famoso "quem dá mais" por uma vaguinha. (Foto de @tonyferns13)
Instituto Odontológico na Wandenkolk adota os cones com direito a segurança particular na tentativa de intimidar quem ouse "invadir" as vagas. (Foto de @nina_oliver)
Caso você veja alguma situação irregular, contate a CTBel através do número 0800 091 1314 e denuncie. É bom ter na agenda do seu celular.

E se encontrar um cone reservando vaga de estacionamento, saiba que ele é ilegal. Portanto você pode retirá-lo e estacionar o seu carro na rua, que é pública, é de todos.

O que diz a LEI
(extraído do Blog do Sérgio Santos)

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), capítulo III, das Normas Gerais de Circulação e Conduta, sobre a utilização de cones em vias públicas, os usuários das vias terrestres devem: I - abster-se de todo ato que possa constituir perigo ou obstáculo para o trânsito de veículos, de pessoas ou de animais, ou ainda causar danos a propriedades públicas ou privadas; II - abster-se de obstruir o trânsito ou torná-lo perigoso, atirando, depositando ou abandonando na via objetos ou substâncias, ou nela criando qualquer outro obstáculo.

O artigo 246 (CTB), diz que obstruir a via indevidamente é considerada infração gravíssima, sujeita a multa - que pode ser agravada em até cinco vezes, a critério da autoridade do trânsito, conforme o risco a segurança que o obstáculo oferece. O parágrafo único diz que a penalidade será aplicada à pessoa física ou jurídica responsável pela obstrução, devendo a autoridade com circunscrição sobre a via providenciar a sinalização de emergência, às expensas do responsável, ou, se possível, promover a desobstrução.

Título clichê do dia: Flagrante de irresponsabilidade

Olha, se eu fosse colocar flagrante de irresponsabilidade em todas as postagens que merecem, acho que 80% delas viriam com o texto lá no assunto.

Mas... vamos ao que interessa: neste flagrante de irresponsabilidade (não, não é um novo programa da Record para disputar com a Globo), vemos um cidadão, provavelmente "paizão" (quem sabe, padrasto, né?!) com uma criança de aproximadamente 6 anos no banco da frente do carro e, pior, sem cadeirinha e muito menos sem cinto de segurança...

Detalhe: só para eu ter certeza que ele sabia que estava fazendo tolice (o adulto), quando me viu tirando a foto, mandou o garoto ir para o banco de trás, o que não diminui o nível de imprudência.

Isso tudo, minha gente, diga-se de passagem, em plena rodovia BR-316, no trecho que passa por dentro de Ananindeua, logo após o posto da Polícia Rodoviária Federal, no sentido para Belém, ou seja, ele passou pelo dito posto. O problema é que só existe fiscalização em época de férias... tire suas conclusões.

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Tranca rua da Cabanagem

É, eu também achei parecida com aquela famosa foto dos Beatles na Abbey Road, mas a foto foi tirada na localmente famosa avenida Presidente Vargas.

Se esta foto fosse em Belém, eles estariam correndo... hehehe
(Foto "gentilmente" copiada da Wikipedia)

Quase todos fazem, mas eles, sempre eles, conseguem fazer pior, diferente e com maior desrespeito possível a tudo e a todos. Afinal, um elefante incomoda muita gente. É a típica foto que dispensa demais comentários.

Tudo conforme manda o figurino: semáforo vermelho para a Pres. Vargas. Dois ônibus "atravessados" na pista. Pedestres felizes "manobrando" por trás do busú. Outros carros querendo passar no "seu verde".

QUANDO ISSO VAI ACABAR????

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Deixa que eu deixo

Olha que cena hilária e que mostra a cara de pau de nossos queridos motoqueiros.

Veja a carona que está sem capacete e o carro da CTBel logo à frente do semáforo. Eu vinha logo atrás deles e observei que o motoca só vinha administrando para não passar do carro-forte carro da CTBel. E a CTBel já tinha percebido, mas não quis assustar o frango...


quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Motociclovia

Por @TonyFerns13

Eis que apresento a primeira motociclovia de Belém...



É claro que não passa de uma brincadeira... e que na verdade se trata da nossa querida Praça da República. Mas parece que quem não estava de brincadeira era esse retardado motociclista "supereducado" que não quis nem saber e veio cortando caminho por dentro da praça.

E não é a primeira vez que vejo uma patifaria dessas. Pois vira e mexe acontece de motociclistas trafegarem até mesmo por cima do calçadão ao redor do Teatro da Paz, e os seguranças particulares de lá e os guardas municipais que ficam pela praça nada fazem para coibir este tipo de ação.
Uma pouca vergonha!

Ah... a foto também mostra um pedação de lona velha barracão dos Bombeiros instalado no gramado da praça. E, particularmente, não sei o que isso faz ali, pois durante a semana passo todos os dias em frente e sempro vejo que fica desabrigado, e faz um tempinho que não vou à praça dia de Domingo, então não sei se funciona algo neste dia. Então se alguém souber, fique a vontade para relatar.
E mesmo que funcione, o certo seria ser desmontado ao final das atividades, e remontado quando fosse utilizar novamente.
Uma preguiça é uma preguiça...