Barra de boas vindas e data

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Hora do lanche...

Uma cena um tanto comum se começarem a perceber por aí: agentes da AMUB reunidos fazendo aquela 'boquinha'.

Flagrante de Bruno Fernandez e postada via Twitter.
Esta imagem gerou uma pequena polêmica, pois segundo a própria AMUB, acerca desta, "o agente de trânsito, como qualquer trabalhador, tem direito a lanche e descanso".
E treplicado por Bruno, tem "direito a lanche e descanso, mas não na hora do trabalho!".

Na verdade, tanto a AMUB quanto Bruno não deixam de estarem certos. Mas quem está mais certo, vai depender de que horas aconteceu o fato e qual a jornada e horários de trabalho destes agentes.

Mas vamos ao que diz o que gere isso. De acordo com o Regime Jurídico dos Servidores Públicos, no curso de cada jornada diária de trabalho superior a 6 (seis) horas, deverá haver um intervalo mínimo de uma hora e máximo de três horas.
E no caso de jornada diária de 6 (seis) horas corridas, tem direito à um intervalo de quinze minutos, ou seja, após três horas de trabalho ininterrupito o servidor pode dar uma pausa de 15 minutos.

É um fato que não pode ser ignorado pelas autoridades competentes, e sim averiguado, no mínimo. Pois seria uma falta de respeito (caso estejam errados) para com a sociedade que é quem paga o salário destes servidores.

terça-feira, 16 de abril de 2013

Simulado Detran Free

Aplicativo interessante que encontrei fuçando o Google Play.

Para quem vai fazer o exame de habilitação no Detran é uma ótima ajuda.

Leia a descrição da própria loja:
Neste programa você pode testar seus conhecimentos sobre o exame de habilitação do Detran através de um teste com 20 perguntas e saber se está bem preparado para a prova.
Na versão completa deste programa, você terá:
- um conjunto com mais de 200 perguntas para testar seus conhecimentos sobre a prova do Detran.
- opção de responder um simulado completo, com a mesma quantidade de questões e tempo que a prova do Detran.
- opção de guardar o histórico de respostas e acompanhar sua evolução.
- acesso a todas atualizações, correções e novas perguntas que venham a ser disponibilizadas.


Só tem para Android.

Segue o link para instalar o app: Simulado Detran Free.

Se alguém instalar e testar, informe para nós sua experiência: transitoblm@gmail.com.

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Bem vindo, purgante!

Parece nome de vídeo game da década de 1980, mas não é: este motora filho de cruz credo com curupira me fez esperar simplesmente 30 minutos (eu e o quarteirão todo cheio de carros e coisas afins), na hora do almoço, porque simplesmente entrou determinado em uma rua com seu senhor ônibus e que simplesmente não dava (NÃO DAA-VAAA!!!) para fazer a curva no final da rua.

RESULTADO:
O bichão ficou entalado e todos que estavam atrás dele precisaram de um laxante público para desobstruir o reto canal viário da rua Ó de Almeida com Benjamin Constant para finalmente dar passagem ao tolete ônibus, ajudando a passar a dor de barriga de quem estava atrás, pois o motora realmente fez uma verdadeira obra fecal ao optar passar por lá. Irresponsável tanto é, que o veículo estava cheio de crianças do Emaús, todas com fome, tanto quanto eu.

Acontece que não conseguiu sair lá e para complementar o odor da situação, o telefone da Amub (0800-0911314) não estava completando a ligação. O que será que eles estavam fazendo uma hora dessas? Fummmm.

- Vai um laxante aí, cumpádi?

Ah, como foi a excreção? Como não deu para sair por onde deveríamos, fomos obrigados a voltar de ré, o que acabou jogando no ventilador, entupindo todas as demais vias satélites à da dita entalada. Ou seja, fomos obrigatoriamente descomidos, como diria o sínico João Grilo do Alto da Compadecida. Só faltava o Arianus por lá.

Nota: não pergunte a que horas ele foi sair de lá!!!

Desculpe o ingrediente fétido, mas desabafei!!!

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Na cara de madeira...

Como fiquei com preguiça (essa nova... hehe) só vou copiar fragmentos postados no twitter acerca desta foto, pois eu perdi completamente o raciocínio ao ver essa merda na imagem.

Flagrante de Duarte e postada via Twitter.

"Apesar da vaga, o cidadão optou pelo pisca-alerta + fila dupla e desceu p/ ir até o cx eletrônico. É preciso muita paciência p/ não perder a cabeça com tanta estupidez que presenciamos no trânsito da nossa cidade. Mas o cidadão se superou, pois havia uma enorme vaga disponível e ele ignorou."

"Isso é o reflexo da nossa educação. Cadê civilidade? Cadê o respeito pelo direito coletivo?"

 Local da 'eu sou fod...": Humaitá, emfrente ao HSM.

Nota: Se a educação desse elemento tivesse o valor do seu carro... Mas são inversamente proporcionais.


segunda-feira, 8 de abril de 2013

Big Brother Belém

Vigilância: Belém terá mais 100 câmeras e 60 radares
Equipamentos fazem parte da Central de Monitoramento para controlar o trânsito da cidade

Belém terá uma Central de Monitoramento para controlar o trânsito da cidade. A nova estrutura que começa a ser preparada pela Autarquia de Mobilidade Urbana (Amub) contará com o reforço de 100 câmeras e 60 radares espalhados pela cidade, além de mais 25 guinchos, até o mês de maio. A estimativa da autarquia é que, com isso, subam de 85 para cerca de 300 a 400 guinchamentos diários de automóveis estacionados em local proibido, de Icoaraci ao centro da cidade, assim como o número de multas também vai aumentar. Atualmente, a capital paraense conta com apenas cinco guinchos operando. Com o aumento da frota, uma nova estrutura de pátio de retenção também está sendo preparada para suportar a carga.

Um em cada dois veículos foi multado pela Amub no ano passado. Ao todo foram 195.755 infrações registradas, com uma frota circulante de 400 mil veículos na capital. O número de autuações é considerado baixo, já que a média calculada pelo órgão, com 200 mil multas, é de duas multas por dia a cada um dos 215 agentes de trânsito (165 da Amub e 50 da Inspetoria de Trânsito da Guarda Municipal de Belém). A infração mais cometida é o excesso de velocidade em até 20% acima do permitido, com 43.450 ocorrências.

O diretor de Trânsito da Amub, João Renato Aguiar, acredita que esse número de multas aplicadas é pequeno, porque há pouca fiscalização eletrônica e poucos agentes. Quanto maior a presença de agentes e radares, mais chances de flagrar condutores cometendo irregularidades. Ele destaca que o aumento da fiscalização não se trata de criar uma 'fábrica de multas', mas uma forma de educação.

'Onde há fiscalização e atuações, logo as pessoas entendem e associam os pontos onde foram multados com a mudança de comportamento. Por isso, se tivermos mais radares e mais agentes, colocando em pontos estratégicos por períodos e depois alterando a posição, teríamos como cobrir a cidade toda e educar um maior número de condutores', defende Aguiar.

A ampliação do número de radares ocorrerá nos próximos dois meses. Os locais onde serão instalados ainda estão sendo mapeados. As duas infrações mais cometidas em 2012 são as detectadas por radares: excesso de velocidade em até 20% acima do limite da via e avanço de sinal vermelho (24.429 ocorrências).

A central de monitoramento será inicialmente pequena, semelhante à da cidade de Bragança Paulista. As câmeras são de visão ampla e abrangem todo o contexto de uma infração, invalidando argumentos de contestação sem conssistência. A vigilância também poderá auxiliar na comunicação de crimes ao Centro Integrado de Operações (Ciop), além de agilizar operações de trânsito e encontrar veículos roubados. A ideia é implantar a central até o final deste ano. Os equipamentos podem ser alugados, o que é permitido por lei para assegurar a agilidade de aplicação e manutenção que as licitações não garantem. Concursos para a contratação de pessoal não estão descartados, tanto para novos agentes, como corpo administrativo e operadores da central de monitoramento. Do último concurso faltam empossar 10 pessoas, o que deverá ser feito até o final deste mês e deixará a Amub livre para nova seleção.

Fonte: O Liberal

Ah... é claro que a charge não pertence à fonte. Coloquei para enfeitar o pavão.

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Carimbó do Azar

Azar de dar de cara com essa senhora de 73 anos com um outdoor na traseira e uma caixa de som estilo Pobre "PopSom" em cima dela, atrapalhando enormemente o tráfego. O problema é que não se pode fazer nada, porque quem deveria fazer (e recebe por isso) simplesmente não faz. Se nós motoristas fizermos, corremos o risco de ganhar um senhor cotoco, um soco na lataria (nas duas: carro e rosto) ou quem sabe uma bala dura, sabor chumbo.

Caso um belo dia de sol a Amub resolvesse dar uma voltinha por esse setor, certamente encontraria uma infinidade de situações inconsequentes, desde pedestre atravessando sem usar aquela passarela  ali atrás (não dá para multar transeunte, claro, mas caberia aí uma fiscalização, com pessoas para orientar e fazer a manutenção das grades que separam as duas pistas), desde mortoqueiros sem capacetes vindos na contra-mão de lá da direção do Formosa, que por preguiça ou uma parca economia, talvez de dar o retorno em frente ao Kuarup, se arriscam irresponsavelmente em atropelar alguém. Coisa de 300 metros a mais, mas que não vale uma vida.

De qualquer forma, aquela área sempre está entregue às baratas em todas os sentidos, pois as autoridades, o pedestre, o motorista e o motoqueiro não respeitam nada e ninguém... para variar, ali é Belém também! Gostou da rima? Quem conhece, sabe melhor que eu do que estou falando.

Para concluir, o Poder Público só lembra de lá em época de eleição: aí vem asfalto novo e limpeza das valas, que tem calado para passar um transatlântico quando chove, e muito papel com fotos de candidatos para entupir novamente as benditas valas.

Tentativa de sorte para quem compra, azar para quem passa para casa apertado na hora do pique!