Barra de boas vindas e data

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Faixa na marra...

Alunos da UFRA pintam uma faixa de pedestres em frente à universidade.

Imagem de 'Belém Trânsito' via Twitter.
Não aguentando mais os constantes riscos e acidentes no local, os alunos da UFRA fecharam a Av. Perimetral, protestaram e pintaram uma faixa de pedestres em frente à universidade onde não há sinalização alguma, e até hoje, após várias reclamações, a AMUB não fez absolutamente nada.

Segundo alguns alunos, os acidentes são constantes pela falta de sinalização, fora os riscos constantes de quem precisa atravessar no local, onde também há algumas escolas por perto.

As irregularidades são várias desde a sinalização adequada para o local quanto a falta de calçadas também.

Após o protesto, houve uma reunião entre representantes dos alunos e da AMUB que esteve no local, e ficou acordado que será feito uma ação emergencial de sinalização no local como uma nova faixa de pedestres e a instalação de placas de orientação.

É o que sempre digo, os órgãos públicos só fazem algo na base da pressão mesmo. Não adianta apenas denunciar, reclamar, solicitar, fazer abaixo assinado... as coisas só funcionam, infelizmente, se tiver protestos, fechar pista, queimar pneus, etc. Assim como foi feito também na Av. Centenário há pouco tempo atrás.

Meus parabéns aos alunos da UFRA pela iniciativa, pois se não fosse isso, este órgão quase inoperante não faria o seu dever.



quinta-feira, 23 de maio de 2013

Cruzamento...

Ainda não entendo que vantagem tem em um engarrafamento avançar o sinal amarelo. Tá aí no que dá.

Flagrante de Edge Veniale e postada via Twitter.
Eu quero saber o que uns asnos desses tem na cabeça. Sem sacanagem. 
É o cúmulo da ignorância no trânsito. Os caras querem dar uma de 'espertos' e acabam ferrando a vida dos outros. Fecham o cruzamento sem se importar com o próximo e com a organização. E depois ainda ficam reclamando do caos do trânsito, mas não colabora. Impressionante!

E ainda tem mais. Repare na imagem quem também está fechando o cruzamento. É isso mesmo. Um carro de Auto Escola. O cara que deveria estar dando o exemplo também está contribuindo para a cagada. E se é um aluno, já está começando errado antes mesmo de tirar a CNH, e o instrutor é cúmplice.

Local da avacalhação: Av. Generalíssimo com Rua João Balbi.


Calçadas e ruas de Belém são cemitérios de carro velho

SUCATAS: Em algumas ruas de bairros como o Guamá, há de três a quatro veículos na calçada.


Veículos abandonados nas calçadas e nas ruas atrapalham pedestres e roubam vaga de estacionamento. Em Belém, é comum encontrar carros em péssimas condições, durante anos largados em área pública, sem providências pelos proprietários ou pela prefeitura. Em alguns pontos, o descaso facilita a ação de marginais, que usam os automóveis maiores para se esconder em casos de assaltos ou para usar drogas.

Na rua Augusto Corrêa, no Guamá, o estudante Nilson Pereira, 15 anos, aponta um ônibus avariado que virou ponto de encontro dos bandidos, após ter sido deixado quase em frente à casa da família dele, há cerca de três meses . "Em uma madrugada jogaram ele aí, todo destruído, em cima da calçada, e as pessoas são obrigadas a caminhar pela pista", reclama. Para piorar, alguns moradores jogam lixo na frente do ônibus, dificultando mais ainda o acesso à calçada. Mesmo sabendo do risco que o veículo abandonado representa à segurança dos moradores, Nilson admite que nunca procurou a Autarquia de Mobilidade Urbana de Belém (Amub) para rebocar o ônibus e outros carros abandonados ao longo da via.

Na travessa Barão do Triunfo há cinco carros enfileirados em uma das pistas, apenas no trecho entre as avenidas Romulo Maiorana e Duque de Caxias. Apesar de impedirem a rotatividade do estacionamento no local, os moradores dizem que não se sentem incomodados. "Essa situação já ocorre há um ano, mas nunca chegaram a chamar alguém para levar", diz um morador, que preferiu não ser identificado.

Mitsu Kinoshita, 88, mora há mais de 40 anos na área e foi apontada como a proprietária de dois veículos estacionados, sem uso há mais de um ano. Segundo ela, o filho e o genro são os donos dos carros de modelo Opala e Logos, cujo destino ela não soube informar. 'Um seria vendido e o outro deve ir para a sucata, mas os vizinhos nunca pediram para retirá-los; então deixamos aí', conta. Na rua Silva Castro, também no Guamá, há vários automóveis abandonados. Em um único ponto há um Gol, um Opala e um Landau, com uma série de danos vísiveis. Pneus furados, bancos rasgados e vidros quebrados, os carros estão na calçada em frente a duas residências, entre os portões da garagem.

Um dos moradores relatou que os carros estão lá há mais de dois anos, deixados por algum dono de oficina mecânica. A assistente administrativa Fernanda Moraes, 30, passa pelo trecho diariamente e se diz incomodada com o descarte irregular, que já causou até atropelamentos. 'Eles simplesmente descartaram aí, próximo a uma escola, e adultos e crianças precisam andar pela pista, se arriscando', queixa-se.

A Amub esclareceu que o recolhimento só é feito mediante a reclamação dos moradores. O pedido pode ser feito pelo telefone da Ouvidoria, no número 3272-8742, e uma equipe de fiscalização é enviada ao local. Enquanto a sede da Amub não for transferida da avenida Bernardo Sayão para a Júlio César, não serão recolhidos os carros denunciados. Os proprietários serão notificados para que retirem do local, e caso não obedeçam, serão autuados e multados. Assim que o pátio de retenção estiver liberado, a equipe da Amub voltará a atuar com o guincho para retirada de veículos abandonados.

Fonte: O Liberal

quarta-feira, 22 de maio de 2013

BRT começa experiência em setembro




Com recursos assegurados, obra será retomada de imediato

Devem ser concluídas em agosto, para operação experimental em setembro, as obras do BRT na avenida Almirante Barroso. É o que prevê a Prefeitura Municipal de Belém, depois da assinatura de contratos que asseguram os recursos necessários, por parte da Caixa Econômica Federal, que entra com R$ 314 milhões de financiamento e R$ 1 milhão para elaboração de projetos, por parte do Governo do Estado, cuja contribuição é de R$ 38 milhões, e por parte do Governo Federal, com recursos da ordem de R$ 100 milhões. Os contratos e o termo de cooperação técnica com a Caixa foram assinados, na manhã de ontem, no palácio Antônio Lemos. A previsão é de entregar todo o novo sistema de transporte público até o aniversário de 400 anos de Belém.

O prefeito Zenaldo Coutinho agradeceu as parcerias e o apoio dos Ministérios Públicos Estadual e Federal. "É um dia especialíssimo para Belém. Saímos da confusão de um projeto que não existia, que não tinha recursos, mas devia R$ 56 milhões e estava cheio de impedimentos e questões judiciais. Agora teremos um projeto financiado, estruturado, integrado e seguindo a experiência dos BRTs que deram certo nas grandes capitais do mundo", declarou.

O reinício imediato das obras no trecho da Almirante Barroso serão assegurados pelos recursos do governo do Pará, no contrato em andamento com a construtora Andrade Gutierrez. A diretora superintendente da Autarquia de Mobilidade Urbana de Belém (Amub), Maísa Tobias, esclareceu que, para as obras na avenida Augusto Montenegro, uma nova licitação será feita. Os R$ 100 milhões da União serão para o desenvolvimento do projeto da entrada ao centro de Icoaraci, inclusive com integração rodofluvial, e de São Brás ao centro de Belém. Para a conclusão da Almirante Barroso e da Augusto Montenegro seão necessários os R$ 314 milhões fornecidos pela Caixa.

Fonte: O Liberal

Comentário:

Será que agora vai?

Essa pista do BRT já está quase um elefante branco.

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Curso de Formação de Agentes de Trânsito chega ao fim


Chegou ao fim o Curso de Formação de Agentes de Trânsito, ministrado pelo Detran, para formar policiais para agirem em diversas áreas relacionadas ao trânsito, não somente na capital Belém, mas também no interior do Estado e na PRE (Polícia Rodoviária Estadual). Ainda temos interiores onde a PM faz o papel de guarda de trânsito.

Ficam nossos parabéns à toda turma e esperamos que todos venham a contribuir para um trânsito cada vez melhor, respeitável e humano.

E lembrem-se: A PALAVRA CONVENCE. O EXEMPLO ARRASTA!



Não, este com certeza não estava no curso!

Foto "clonada" do Facebook, do perfil de uma colaboradora, mas que pode ser acessada no Trânsito Caótico de Belém no Face.

Nota do editor: EU, particularmente (diga-se passagem), ponho mais fé na PM para organizar o trânsito que uma autarquia com agentes civis. PARTICULARMENTE.


Veja a reportagem que saiu no Jornal Liberal sobre o curso clicando aqui.

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Transogra Ltda.

O dia das mães vem aí e nada como ajudar a mãe dos outros a chegar a seu destino, provendo segurança no transporte não somente a ela, mas a todos que estão a bordo. Pensando nisso, foi criada a Transogra Ltda., com a qual você pode levar a pobrezinha aonde ela quiser, onde quiser. Dependendo da sogra, ele tem espaço para a língua dela também... Caso precise, tem tamanhos "truck" e bi-trem.

Esse bicho é um cara de pau mesmo!!! E aaammmaaaa a sogra dele! Agora, transportar ele transporta, mas pra onde???

Brincadeiras à parte, as sogras, além de tudo, são mães e merecem nosso total respeito e carinho, independente que merecer usar a Transogra ou não. Acredite: eles são necessárias.

_____________________________
Local da foto do transporte coletivo: chegando à feira do livro 2013. Hangar.

domingo, 5 de maio de 2013

Notícia Exclusiva

Um colaborador ligado ao órgão de trânsito me informou ontem que tem um projeto tramitando internamente pelo Detran sobre a criação de um convênio entre AMUB (ex-CTBEL), POLÍCIA MILITAR e próprio o DETRAN para que todos esses órgãos atuem no trânsito fazendo de tudo, mas de acordo com suas competências: Detran, fiscalização de veículos e condutores; AMUB, para circulação e estacionamento; e PM segurança pública. Só que, por ordem do secretário de segurança pública do Estado, todos os órgãos terão poder para multar - imagina o estrago: a AMUB e DETRAN fazendo a fiscalização e a PM (diga-se de passagem: embora existam policiais altamente educados, qualificados, competentes e íntegros, mas ainda assim, a minoria, sendo a segunda mais corrupta do Brasil), abordando os condutores com "aquela" falta de educação firmeza e pior, eventualmente com aquela "ponta" do lanche. Novamente o desGoverno do Estado (que já não gosta de professores), querendo instituir uma grande indústria de multas para garantir ano que vem a reeleição do Governador. 

Qual é a sua opinião? É contra, pois acha que cada um deve ficar na sua, ou simplesmente acha que vai ser melhor para todos, pois aumentará a fiscalização? Eu, particularmente, não veria problema nenhum se o Governo e os demais órgãos fizessem TODOS os seus papéis RIGOROSAMENTE; porque é muito fácil colocar agentes de plantão para multar um povo que não faz tudo como deve fazer no trânsito e parece até que gosta de fazer as coisas de forma errada. AGORA eu quero ver é dar uma educação decente e de qualidade, o que faria o povo, a médio/longo prazo, respeitar as leis.  Quero ver também é USAR nosso suado dinheiro em invertimento nas melhorias de nossa infraestrutura viária, que são, diga-se de passagem, altamente precárias, e apenas fazem ações apenas de "tapas-buracos" grosseiros, para ignorante inglês ver. Nem vou entrar no mérito de exemplos, até porque a cidade toda é uma grande exemplo. Resumindo: as autoridades só conhecem nossos os deveres (tributos e mais tributos) e nada de direitos para os cidadãos.

Por outro lado, não se vê ações sobre diversos casos que atrapalham o trânsito, como o caso da foto abaixo, em que o "cobrador" vai simplesmente do lado de fora da van. 

Momento "comics". Nos dois sentidos...

Os motoristas dessas desconfortáveis vans fazem tudo o que dá na telha e não acontece nada. Sei de toda aquela história que são pais de família e blá-blá-blá, mas a Lei é igual para todos e embora muitos façam questão de não cumpri-las (alguém aí falou em Brasília e dinheiros em cuecas?), deve ser respeitada. Portanto, se não é regulamentado o transporte urbano coletivo, que as autoridades providenciem soluções dignas de nós, que pagamos altos impostos e não vemos retorno satisfatório, como a criação desse convênio entre Detran, PM e AMUB, que é claramente direcionado para tirar dinheiro do povo. 

Fica a súplica resumida: Governo, invista em educação!

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Irmão injuriado!

Segue desabafo de um leitor de nosso blog que frequenta o Templo Central Assembléia de Deus em Belém, indignadíssimo com o ato profano de seu irmão de templo.

Mas é claro que o irmão não esquecerá de Colossenses 3:13, né?

Bom Dia,

Uma breve explicação: sou frequentador dos cultos dominicais do templo central da igreja Assembléia de Deus situada na 14 de Março.
O estacionamento da igreja possui saída pela João Balbi. Sempre me valho desta saída, porém na manhã de hoje um outro membro da igreja resolveu estacionar em frente da saída e impediu que os carros a utilizassem.
Fiquei revoltado com a atitude irresponsável e desprezível de uma pessoa que "em tese" saiu de casa para ato de comunhão, porém adota prática completamente diversa.
Como ato de protesto, tirei as fotos que seguem anexadas.

Sds,

MSS

Taí o protesto: mas o irmão deveria aproveitar o ensejo e dar um puxão de orelha nele, né? Afinal, irmão é pra essas coisas...

Em respeito ao irmão da Assembléia, não irei traduzir a placa do veículo (ASS), mas ela expressa o espírito de equipe do motorista.